A Importância de uma Renovação Diária

A Importância de uma Renovação Diária

Eu quero trazer uma palavra ao seu coração sobre a importância do relacionamento com Deus no nosso dia a dia. John Wesley fez a seguinte declaração: “nunca deixe passar um dia sem separar pelo menos uma hora para o seu tempo devocional. A marca dos grandes homens de Deus na história é que eles tinham o seu tempo diário com Deus, se permitiam viver a renovação diária. Eu e você precisamos muito, muito disso. Nos próximos minutos eu quero te mostrar pela palavra de Deus que isso é um princípio, é uma doutrina claramente revelada para nós.

Em 2 Coríntios 4:16, o apóstolo Paulo afirma “ainda que o homem exterior se corrompa, o interior contudo se renova de dia em dia.” Basicamente ele está nos apontando duas verdades, uma é que há uma diferença entre a realidade exterior e a realidade interior. Exteriormente o homem se corrompe, uma menção ao envelhecimento. Dia após dia nós estamos deteriorando por assim dizer, mas interiormente ele fala sobre a possibilidade de não só viver uma condição diferente, mas ele falou do oposto, de vivermos a renovação. E eu quero justamente falar a respeito desse princípio, a renovação diária. Nós precisamos entender algumas verdades. Uma delas é que Deus criou o homem e demonstrou desde o início a expectativa de um relacionamento diário. Em Gênesis 3:8, a palavra de Deus diz que o Senhor visitava Adão e Eva, o primeiro casal que ele estabeleceu lá no jardim do Éden, ele os visitava diariamente.

Isso nos mostra a expectativa de Deus de ter um relacionamento com o homem diário. Muitas vezes, nós pensamos sob a perspectiva do dia de culto. No velho testamento eles separavam o sábado. A igreja, na sua tradição cristã, firmou e determinou que era o domingo, mas a verdade é que a palavra de Deus nunca definiu um dia para buscarmos ao Senhor. A palavra de Deus, desde o início, mostra a expectativa de que Deus pudesse dia após dia se encontrar conosco. O relacionamento com Deus é diário. Nós percebemos isso claramente quando Jesus, nos ensinando o modelo de oração, nos ensina o que nós apelidamos de “Oração do Pai Nosso”, a dizer: o pão nosso de cada dia nos dê hoje. Então hoje eu oro pelo pão desse dia.

E amanhã? Amanhã eu volto a orar. Amanhã eu volto a buscar a Deus pelo pão de amanhã, ou seja, a oração é diária. O Senhor Jesus estabeleceu de uma maneira muito clara esse termo de que eu vou a Deus dia após dia. Então a expectativa de Deus, lá no início da criação do homem, continua sendo exatamente a mesma quando Jesus, já no novo testamento vem nos instruir a respeito da nossa relação com Deus. Deus não apenas espera que nós o busquemos diariamente, e há várias figuras na bíblia que ainda reforçam isso. Por exemplo, no velho testamento, nós podemos nos referir ao maná.

Dia após dia, manhã após manhã, eles precisavam novamente se levantar e colher o maná. É como se Deus dissesse: “eu estou enviando a minha cota de sustento pra vocês também de forma diária.” Jeremias, no livro de Lamentações, aponta para nós que as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã. Ele não está necessariamente dizendo que a misericórdia de Deus tem um prazo de validade, mas o que ele está dizendo é que a cada manhã nós devemos começar novamente o nosso envolvimento com Deus. Precisamos buscar a mesma misericórdia que foi buscada no dia anterior, precisamos buscá-la no dia seguinte. Então isso não fala de uma data de validade, repito, do que Deus nos oferece, mas fala da importância de que a gente vá a ele dia após dia. Muitas vezes nós olhamos para a vida de cristãos que estão mais próximos de gente que a gente acompanha e de gente que está debaixo do nosso cuidado, e a partir deles é mais fácil falar daquilo que eu diria é generalizado.

Temos muita gente que demonstra dificuldade em avançar, em crescer espiritualmente, em desenvolver sua maturidade, em ter constância espiritual e viver uma vida de frutificação e eu diria que um dos pontos principais, que nos tem roubado é não entendemos a relação diária com o Senhor. Alguns estão tentando viver daquela celebração semanal, quando toda a igreja se reúne para o seu culto principal. Alguns conseguem acrescentar uma reunião no meio da semana, seja na própria igreja, seja se reunindo nos pequenos grupos nas casas mas eu quero te dizer ainda que seja um grande desafio levar as pessoas a ter um compromisso semanal, que seja de fato fiel, pontual, isso já é um desafio, eu quero te dizer: não é suficiente.

O que eu e você precisamos é separar tempo para estar com Deus todos os dias. Agora, quando falamos da renovação diária, não queremos apenas estabelecer uma regra que é a relação com Deus precisa ser dia após dia. Nós precisamos entender o que está por trás dela. Por que Deus tem essa expectativa. Além do anseio de Deus de levar o homem ao lugar de relacionamento e esse é o anseio de Deus, o Salmo diz que “a intimidade do Senhor é para aqueles que o temem, aos quais Deus dará a conhecer a sua aliança.” Então o que Deus quer não é apenas um padrão de culto, não é uma religiosidade externa, Deus quer que a gente entre nesse lugar de conhecimento, Deus quer que a gente entre nesse lugar de intimidade com ele, mas a proposta é que isso não apenas nos leve a cumprir a regra que ele estabeleceu, nós precisamos entender o porquê ele fez isso. O apóstolo Paulo diz “ainda que o homem exterior se corrompa de dia em dia”, ele diz, “o interior, contudo, se renova.” Precisamos entender o princípio da renovação.

Deus não espera apenas que a gente o busque para cumprir a regra, para satisfazer aquilo que foi pré-determinado por ele, mas ele, no seu amor, sabe que eu você na verdade precisamos de renovação. A vida cristã, a vida espiritual é baseada e determinada no princípio da renovação e a única forma de eu e você vivemos intensamente esse aspecto da renovação, sermos novamente alimentados, sermos novamente abastecidos na presença de Deus, é se separamos tempo com ele. Tempo com a sua palavra, tempo com oração, nós precisamos reconhecer a necessidade que o homem interior tem assim como o homem exterior tem, por exemplo, de alimento. Jesus disse: “não só de pão viverá o homem mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.” Outro dia alguém me disse que já não sentia a necessidade de ler mais tanto a palavra de Deus depois de ter lido muito. Eu olhei para ele e falei: “meu amigo, eu já comi muito. Eu fiz uma conta, se eu tivesse comido cerca de um quilo de alimento por dia e eu acredito que isso é uma média generosa, não é exagerada, eu já teria hoje chegado, aos quase 44 anos de idade, perto do consumo de 16 toneladas de alimento.” Eu falei para ele: “é muita comida, mas se eu tivesse parado três anos atrás, quando tivesse em torno de 15 toneladas, já comi muito alimento não preciso comer mais, eu não estaria aqui hoje falando a você, certamente eu teria morrido.” A necessidade de nos envolvermos com a palavra de Deus não é apenas para adquirir conhecimento, para ter informação, para dizer o quanto eu sei a respeito da vida cristã.

Isso envolve a minha capacidade de permanecer vivo. É o meu sustento diário, aquilo que me renova e aquilo que me permite não apenas sobreviver mas viver a plenitude do que Deus tem para mim. Eu quero encorajar você a realmente separar tempo para estar com Deus diariamente. Tempo com a palavra. Deus dá uma ordem aos reis de Israel. Essa ordem inicialmente não era estendida a toda nação até porque não havia a disponibilidade para todo mundo, mas ao rei de Israel, Deus diz lá no livro de Deuteronômio: “quando o rei se assentar no trono, ele deverá ter para si uma cópia da lei de Deus e deverá lê-la todos os dias da sua vida.” Deus estava dizendo: “eu espero que você se envolva com a minha palavra diariamente, assim como você se alimenta diariamente.” Nós precisamos separar tempo para orar diariamente.

Mostramos que Jesus definiu que a oração é diária assim como a leitura bíblica deve ser diária. O nosso tempo de devoção, de adoração, de demonstrar amor, paixão pelo Senhor, deve se expressar todos os dias. Isso definitivamente não apenas nos fará crescer, eu repito, o homem interior tem necessidades semelhantes ao do homem exterior. A palavra de Deus diz em 1 Pedro, no capítulo 2, no versículo 1 que nós precisamos desejar o puro leite espiritual a fim de crescermos para a salvação. Assim como o homem exterior tem crescimento, o homem interior também vive em crescimento. E vive isso através de receber o devido alimento.

Algo que eu e você precisamos de fato compreender é que essa resposta diária não nos coloca num lugar de apenas satisfazer uma regra divina, ela na verdade cumpre princípios que visam o nosso bem, que nos abençoam. Muitas vezes a reação de alguns de nós é de como se Deus tivesse talvez estabelecido regras aparentemente pesadas para nós, só pela falta do que fazer. Isso não é verdade. Através do profeta Jeremias Deus disse: “eu é que sei os pensamentos que eu tenho acerca de vós. São planos de bem, não de mal, pra vos dar um futuro e uma esperança.” Deus está dizendo o tempo todo ao estabelecer princípios para você: “eu quero o seu melhor, eu quero aquilo que vai te abençoar.” Acredito que nos nossos dias, dias de correria, dias de intensidade, nós precisamos resgatar a verdade que o relacionamento com Deus é um relacionamento diário.

E encontramos tempo para estarmos com o Senhor dia após dia. As pessoas podem fazer isso de forma diferente. eu particularmente acredito no momento a sós com Deus. O Senhor Jesus disse: “quando você for falar com o Pai que está em secreto, entra no teu quarto, fecha a tua porta fala com ele a sós.” Há um lugar onde eu e você podemos tirar tempo a sós com o Senhor. E podemos chamar isso talvez daquele momento do devocional diário. por outro lado nós precisamos entender também, que Paulo quando escreve aos efésios fala a respeito de orar sem cessar. Isso nos fala de uma oração contínua, ou seja, eu posso estar no meio de um dia de trabalho pensando, suspirando pelo Senhor, falando algo com ele no meu coração, além daquele momento a sós. Dia após dia eu posso permanecer conectado com o céu.

O cristianismo é algo que eu e você devemos viver em tempo integral. A apóstolo Paulo diz: “tudo quanto fizerdes, fazei-o como para o Senhor e não para os homens.” Ele fala isso quando está dizendo a respeito de como os servos deveriam se relacionar com seus senhores, ele estava falando do trabalho diário. Até no momento em que eu e você estamos trabalhando, o nosso foco dia após dia deveria ser: eu não estou fazendo isso para os homens, eu não estou fazendo isso para as pessoas, eu estou fazendo isso para o Senhor. Se vivemos com essa mentalidade o tempo todo pensando nele, buscando a ele, orando ao Senhor dia a dia, nos enchendo da palavra, adorando, fazendo o que fazemos para ele, essa relação diária não apenas nos fará crescer mas nos manterá renovados, nos manterá acessos.

Que Deus de fato te encoraja a definir tempo a sós com ele, mas também durante todo o seu dia a se envolver profundamente com o Senhor. Todos os dias da sua vida. Essa é a renovação diária. .