Ser Perdoador

Ser Perdoador

 

Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo. – Efésios 4:32

Às vezes perdoar é um tarefa difícil.

Ainda mais quando a pessoa que te machucou faz parte do teu círculo íntimo.

Mas reflita: quem somos nós para não perdoar?

Por acaso não fomos perdoados primeiro e justificados em Cristo?

Por mais difícil que seja, perdoar é uma obrigação de quem teve os seus pecados perdoados em Cristo.

Quem é salvo em Cristo, recebeu perdão e foi alcançado pela graça. Cabe a quem recebe o favor de Deus ser compassivo e bondoso.

São nesses momentos que uma pessoa pode ser alcançada pelo amor de Deus ou ter um pleno entendimento da importância do perdão.

Quando perdoamos estamos fazendo o que Cristo fez por nós.

Para um cristão o perdão não deve ser uma escolha, mas uma atitude presente em cada crente.

Quando temos consciência dos nossos erros, das nossas limitações, podemos ser compassivos com o nosso próximo, perdoando a quem pediu verdadeiramente por perdão.

Quando somos misericordiosos receberemos misericórdia na mesma medida.

Quem foi perdoado perdoa:

  1. Ao invés de focar a sua atenção no erro de quem te machucou, fixe seu olhos em que te perdoou e te sarou (Jesus Cristo).
  2. Quando examinamos a nós mesmos, percebemos o quão limitados e dependentes da misericórdia de Deus nós somos. Por que não perdoar?
  3. Medite na Bíblia sobre o amor de Deus por nós. Amor que supera qualquer entendimento e a todos alcançou!

Para Orar:

Senhor Jesus, dá-me um coração amoroso e compassivo. Ajuda-me a crescer em espírito e graça. Fui alcançado pelo Teu perdão e quero perdoar o próximo como já fui perdoado. Em nome de Jesus, amém.

Um louvor para sua meditação