Tente do Jeito de Deus

Tente do Jeito de Deus

 

“Confie no Senhor… não se apóie no seu próprio entendimento.” – Provérbios 3:5

Você já viu alguém tentando andar de muletas? Que luta!

Apoiar-se em muletas pode ser algo exaustivo. O mesmo acontece quando você se apóia no seu próprio entendimento.

Se quiser que as coisas caminhem mal para você, deixe Deus de fora.

Tente dar um jeito nas coisas usando somente a sua opinião. Quando você der de cara com uma parede de tijolos então tente outra coisa.

Quando isso não o levar a lugar nenhum, recorra à lógica, e depois entre em pânico.

A verdade é que alguns de nós agem como se fossem viciados em ansiedade. Vivemos assim por tanto tempo que não somos capazes de ver ou reconhecer isso.

Quando nos livramos de uma preocupação, colocamos outra em seu lugar. Temos uma fila delas na nossa porta, porque o aviso diz: ‘Sejam todas bem-vindas!’

É como se gostássemos de recepcioná-las. Mas Jesus disse que elas são um desperdício de vida e de energia.

Elas mantêm você tão concentrado no que quer ter, ou no que tem medo de perder, que você não tem tempo de desfrutar do que já tem (Ver Mt 6:25). Isso não é jeito de se viver!

Em vez de se preocupar, comece a viver segundo estes versículos (Filpenses 4:6-7):

(a) “Não andem ansiosos por coisa alguma.”

(b) Em todas as orações, peçam a Deus tudo o que vocês precisam.”

(c) “Orem sempre com o coração agradecido.”

(d) “A paz de Deus… guardará o coração e a mente de vocês”.

Vá em frente – tente do jeito de Deus!

Um louvor para sua meditação:
Não esqueça de escrever seu comentário